BIBLIOTECAS

Oliveira Silveira multiplica-se em bibliotecas.
por Sátira Machado  

 

Oliveira Silveira, além de ter preservado memórias em acervo pessoal resguardado em seu apartamento em Porto Alegre, vem dando nome a espaços de preservação das culturas africanas, afro-brasileiras e afro-gaúchas. Confira alguns espaços públicos, a seguir:  

 


Biblioteca "Oliveira Silveira" da Fundação Cultural Palmares/Governo Federal

 

Criada em 20 de novembro de 1998, a biblioteca da FCP visa resgatar, preservar e divulgar a cultura negra e a história da Diáspora Africana, tendo recebido o nome do poeta da consciência negra "Oliveira Silveira", em 2011. 

 

Endereço: Setor Comercial Sul, Quadra 2 - 4º andar - Brasília/DF 

Horário: de segunda à sexta, das 9 as 18 horas.

Links: 

http://www.palmares.gov.br/?p=48440  

http://www.palmares.gov.br/?tag=biblioteca-oliveira-silveira

 

 

Biblioteca Municipal "Oliveira Silveira" da Prefeitura de Osório/Governo Municipal/Rio Grande do Sul

 

Inaugurada em 13 de novembro de 2015, a biblioteca é voltada à temática da Cultura Negra e Etnias do Litoral, conforme a Lei Municipal nº 5684/2015. 

Endereço: Rua Barão do Triunfo, nº 1096 - Centro - Osório/RS

Telefone: (51) 3601-2179

Horário: de segunda à sexta, das 8 às 12 horas e das 13h30min às 17 horas.

 

Links:

https://leismunicipais.com.br/a/rs/o/osorio/decreto/2015/23/238/decreto-n-238-2015-institui-o-regimento-interno-da-biblioteca-publica-municipal-oliveira-silveira-tematica-da-cultura-negra